Guia de Férias Campinas e Região – Julho

A região de Campinas está recheada de atrações para a criançada aproveitar as férias de Julho no maior astral! Selecionamos para vocês as melhores atividades.

Exposição tecnológica sobre natureza brasileira

Data: 10 a 24 de Julho
Local: 
Parque D. Pedro Shopping Praça de Eventos da Alameda
Sinopse: O objetivo da Conexão Estação Natureza é promover o conhecimento dos ambientes naturais brasileiros, aproximando a natureza do dia a dia das pessoas. Para isso, o espaço conta com seis estações: Conexão, Conservação na Prática, Guardiões da Natureza, Belezas Naturais, Power Station e Eu Curto.
Uma das atrações que mais chama a atenção é o Cinema Sensorial 4D, com telas de 360º. Ao assistir um vídeo sobre a natureza do Brasil, as pessoas recebem estímulos sensoriais, como calor, vento, chuvas e até mesmo aromas, que variam de acordo com os diversos ambientes naturais que aparecem na tela, em um vídeo de seis minutos. Já os óculos de realidade virtual (rift) permitem uma visita virtual em 3D à Reserva Natural Salto Morato, unidade de conservação localizada no litoral do Paraná.
A exposição também possui uma parte voltada para jogos interativos: um deles usa como plataforma o ‘kinect’, a partir da qual se pode jogar, sem o uso de controles, um game sobre ‘serviços ambientais’ prestados pela natureza, como água, alimentos e oxigênio, entre outros. Em outro o game, a tecnologia utilizada é a ‘motion by hands’, em que os jogadores posicionam as mãos em cima da tela, sem precisar tocá-la, para interagir nas diversas fases sobre as mudanças climáticas.
Incentivar o uso de fontes alternativas de energia é objetivo da Estação Power Station. No local, três bicicletas ‘inteligentes’, ao serem pedaladas, apresentam em tempo real informações de quanto se está economizando de combustível fóssil (gasolina, por exemplo). Por último, na Estação Eu Curto, os visitantes respondem a uma pesquisa e, no final, tiram um foto com moldura personalizada que pode ser compartilhada nas redes sociais.
Grátis. Livre

Semana tudo para Mamães 

oficina-massinha-3Data: 13 a 17 de Julho
Local: Shopping Valinhos
Sinopse: Durante toda a Semana Tudo para Mamães, haverá cama elástica gigante, piscina de bolinha, mesa de desenho e espaço baby (para crianças até dois anos), das 15h às 19h. Além disso, há muitas atividades para a criançada se divertir. Na quarta-feira, 17, é dia de oficina de modelar caseira, com inclusão social, mas não restrita apenas a crianças especiais.  O evento, que começa às 16h, é realizado em parceria com a equipe do Inclusione e tem vagas limitadas. Na sequência, às 17h, tem uma aula aberta de jazz musical, para crianças com idade a partir dos 5 anos, com a Academia de Dança Viva a Arte.  A partir das 18h, a Academia Viva a Arte continua no espaço, com uma apresentação de ballet clássico e de sapateado.
No dia 14, às 16h, será possível se divertir e conhecer um pouco mais sobre o Kung Fu, com uma aula muito divertida destinada a crianças com idade a partir dos 5 anos. A aula será comandada pela Academia Shaolin, que, na sequência, fará uma apresentação da tradicional Dança do Leão. A sexta-feira, dia 15, é destinada a beleza. Uma equipe do GlitzMania estará no shopping para fazer penteado e maquiagem nas crianças. A atividade começa às 16h.
O fim de semana também está cheio de atrações. No sábado, 16, tem Oficina Circense, com a Loki Produções Artísticas, para crianças a partir dos 6 anos. Finalizando a Semana Tudo para Mamães, o domingo, 17, terá aula de Zumba, com Tamy Ferreira, a partir das 15h. Podem participar crianças de todas as idades. Logo depois da Zumba, tem aula de bateria. São duas turmas, uma às 16h e outra, às 17h.
Gratuito. Necessário fazer inscrições no site:  www.shoppingvalinhos.com.br

Contação de Histórias e Teatrinho

BrancadeNeve_jornaldemae
Data: 
16/07 – 18h – Contação de Histórias – Velha é a Vozozinha!!!
17/07 – 17h – Teatrinhos aos Domingos – A Bela e a Fera

23/07 – 18h – Contação de Histórias – O Flaustista de Hamellin
24/07 – 17h – Teatrinhos aos Domingos – João e Maria

30/07 – 18h – Contação de Histórias – Aí vem História
31/07 – 17h – Teatrinhos aos Domingos – Chapeuzinho Vermelho
Local: Shopping Hortolândia
Grátis. Livre

Contação de Histórias e Oficinas 

ShoppingValinhos_jornaldemae

 

 

 

 

 

 

Data: 22 de julho – 19h – Contação de histórias – Cantando e Cantarolando (Loki Produções)
23 de julho – 16h – Contação de histórias – O flautista de Hamelin (Loki Produções)
24 de julho – 15h – Espetáculo Aniversário da Anna (Loki Produções)
28 de julho – 14h – Oficina Ânima Galaxy Print (Ânima Academia de Arte)
30 de julho – 16h – Teatro O coelhinho e a história do bolinho – direção de Alfredo Ribeiro (Pio)
Local: Shopping Valinhos
Gratuito. Necessário fazer inscrição no site:  www.shoppingvalinhos.com.br

Cine-Férias Casa do Lago


Data: Segunda-Feira – 11/07 – MINIONS 
Terça-Feira – 12/07  – JACK E A MECÂNICA DO CORAÇÃO
Quarta-Feira – 13/07 – OS PINGUINS DE MADAGASCAR – O FILME (2015)
Quinta-Feira – 14/07 –  OS SMURFS 2
Sexta-Feira – 15/07 –  ZÉ COLMÉIA, O FILME (2011)
Local:
Casa do Lago – Unicamp – Av. Èrico Veríssimo, 1011
Sinopse: Todos os dias, duas sessões, sempre às 14h e as 16h

 

Atividades Procurando Dory


Data: até 28 de Julho
Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 10h às 22h; domingo e feriados, das 14h às 20h
Local: Praça de Eventos, 3º piso
Classificação etária: 4 a 12 anos
Área baby para crianças de 0 a 03 anos
Sinopse: Assim que as crianças chegarem ao evento, já no pórtico de entrada, haverá um túnel com projeção de mar com peixes. Dentro do espaço, os pequenos vão se divertir com um playground temático, com peças dos personagens para montagem; piscina de bolinhas; totem interativo, com tradutor simultâneo de baleiês; jogo de memória gigante Genius; totens com ícones aquáticos para adivinhações e montagem no painel; mesa com lâmina de pintura e jogos cartonados e um totem com o trailer do longa-metragem.

Quatro Estações – Oficinas de Arte 

Datas: 13/07 – Klimt
20/07 – Kandinsky
27/07 – Klimt
03/08 – Kandinsky
10/08 – Klimt
17/08 – Kandinsky
Horário: 19h
Local: Jardim Iguatemi (em caso de instabilidade climática, o evento será automaticamente transferido para o 2º piso, em frente ao Café Suplicy).
Lotação máxima: 40 crianças por dia.
Participação por ordem de chegada, com preenchimento de cadastro a partir das 18h30, no local do evento.  Leia o regulamento completo aqui.

 

Jump Mania

Local: 2º piso, próximo à loja do Magazine Luiza
Dias e horário de funcionamento: de segunda a sábado das 11h às 22h e aos domingos e feriados das 12h às 22h
Sinopse:  O parque tem uma área de 1 mil metros quadrados, localizado no 2º piso do Iguatemi Campinas. O chão é totalmente forrado com trampolins gigantes. Para aumentar a diversão e possibilitar manobras inéditas, as paredes também receberam material elástico se transformando em trampolins verticais. O local tem ainda equipamentos que facilitam atividades corporativas de treinamento e entretenimento, com tabelas de basquete e área para jogos de “queimadas”, o que torna o parque bastante procurado por amigos e empresas. Tudo partindo de trampolins. As manobras e acrobacias podem ser realizadas acima de 3 anos de idade, sendo crianças menores de 6 anos acompanhadas de um responsável.
Valores: R$ 35,00 (meia hora) | R$ 40,00 (1 hora) | R$ 50,00 (2 horas)
NÃO INCLUSO O PAR DE MEIAS ANTIDERRAPANTE (R$15,00) QUE É DE USO OBRIGATÓRIO NO PARQUE.
A partir dos 3 anos acompanhadas por um responsável 

 

Férias Divertidas

lago

Data: de 12 a 15 de Julho
Local: Recanto Lago dos Sonhos –  Rua: José Rielli, n°46, Bairro: Dois Córregos, Valinhos – SP
De 3 a 12 anos. 40 reais a diária
Reservas:  19-3881-2527 ou 99888-2308 ou  e-mail:  contato@recantolagodossonhos.com.br

ATIVIDADES DIÁRIAS:

– Acolhida e apresentação – Equipe de monitores
– Passeio pelo Recanto: Horta Orgânica ou Minhocário, Quintal dos Jabutis e das Jabuticabeiras
– Visita às aves do lago para alimentá-las
– Visita à Fazendinha para alimentar os animais (cabras, ovelha, coelho,peru, galinhas e porquinhos da índia
– Passeio De Charrete com o nosso Pônei
– Jogos, gincanas e brincadeiras diversificadas no Campo e no Playground
– Oficinas diversas
– LANCHE da tarde

DIA 12 (3ª feira)

– Oficina de Culinária (Sanduíche da Maricota) com História
– Oficina de Artes
– Caça ao Tesouro (Surpresa Deliciosa)

DIA 13 (4ª feira)

– Oficina de Música e Contação de Histórias
– Oficina de Plantio na Horta Mandala (Orgânica)
– Piquenique no campo

DIA 14 (5ª feira)

– Oficina de reciclagem
– Caça ao Tesouro Ecológico
– Corrida de Saco e outras brincadeiras

DIA 15 (6ª feira)

– Oficina de Culinária (Biscoitinhos Caipira)
– Oficina de Plantio de Hortaliça
– Piquenique de ENCERRAMENTO

 

Se você souber de alguma atividade não listada, nos envie um email para: jornaldemae@gmail.com que teremos o prazer em publicar.

 

Anúncios

Shopping prepara Minecraft Tour no próximo feriado

 

minecraft

Favorito da garotada, o universo Minecraft invade às tarde do Parque D. Pedro Shopping de 26 a 28 de maio, durante o Minecraft Tour. Serão três dias de atividades, entre elas workshop, oficinas gratuitas para desenvolver as próprias modificações (MODds) no game eletrônico, que permite a criação de mundos virtuais através de  blocos e é um dos jogados no mundo atualmente.

O Minecraft Tour é uma iniciativa do Parque D. Pedro, em parceria com a Livraria Leitura e a escola de programação e robótica Happy Code. Ele acontece na Praça de Eventos da Alameda Parque D. Pedro das 14h às 20h e trará ainda os youtubers Pac e Mike, do canal TazerCraft, e Sérgio Miranda, autor do livro “Minecraft de A a Z.

Para aprender ou aperfeiçoar os MODs (modicações no game que permitem a criação de novos cenários e objetos, ampliando as possibilidade de jogadas), os interessados poderão se inscrever em uma das 11 oficinas de criação que serão ministradas por professores da Happy Code durante o Minecraft Tour.

A aula tem 45 minutos de duração e capacidade para 36 alunos, todos com notebooks à disposição. Cada participante criará seu próprio MOD, de forma dinâmica e divertida. A idade mínima é a partir de 6 anos e as inscrições devem ser feitas através do formulário eletrônico https://hccampinas.typeform.com/to/w6LeYuoc.

Os aficcionados pelo Minecraft poderão ainda participar da tarde de autógrafos dos youtubers Pac, de 20 anos, e Mike, de 18, na quinta-feira (26). Eles estarão autografando o livro “Herobrine: A Lenda”, recém-lançado pela dupla que tem 5,3 milhões de inscritos no YouTube. O livro (R$ 24,90, Geração Jovem) pode ser comprado na Leitura do Parque D. Pedro ou em outra unidade (neste caso é preciso apresentar o cupom de compra).

Na sexta-feira (27) é a vez de Sérgio Miranda autografar o livro “Minecraft de A a Z”, que também deve ser adquirido na Leitura do Parque D. Pedro Shopping (R$ 29,90 Panda Books). Miranda é jornalista e participa do canal Loop Infinito, no YouTube, e é colaborador no programa ‘Você é Curioso?’, da Rádio Bandeirantes.

 

Serviço
MineCraft Tour
Quando: De 26 a 28 de maio
Onde: Praça de Eventos da Alameda Parque D. Pedro
Informações: 4003-7740 – www.parquedpedro.com.br
Cadastro para oficinas: https://hccampinas.typeform.com/to/w6LeYu

Programação
Dia 26
15h – Lançamento e tarde de autógrafos com Pac e Mike, do canal TazerCraft. Serão 500 senhas distribuídas a partir de segunda-feira, dia 23/05.

Dia 27
14h às 20h – Oficinas gratuitas de 45 minutos da Happy Code
17h – Lançamento do livro ‘Minecraft de A a Z’ e bate-papo com o autor Sérgio Miranda
20h – Workshop sobre o universo Minecraft da Happy Code.

Dia 28
14h às 20h – Oficinas gratuitas de 45 minutos da Happy Code

Carnaval para crianças: shopping prepara ‘bloquinho’ e oficinas

carnaval_jornaldemae

O Parque D. Pedro Shopping, em Campinas, preparou uma programação especial para a criançada não ficar de fora do Carnaval. O centro comercial preparou um evento especial para garantir a diversão dos pequenos,  que inclui oficina de pintura de rosto, customização de abadás e bloco carnavalesco: ‘O Bloquinho de Carnaval’.  As atividades são gratuitas e vão de 6 a 9 de fevereiro.

 Ao som da marchinha especialmente composta para o ‘Bloquinho de Carnaval’ e de músicas infantis, os pequenos foliões percorrerão os corredores da Alameda Parque D. Pedro em três horários: às 14h, 16h e 18h. O desfile contará com músicos profissionais e animadores.

“O Parque D. Pedro Shopping, além de ser o maior centro de compras da região de Campinas, é um espaço referência quando o assunto é entretenimento. Como o Carnaval é uma época de festa para adultos e crianças, resolvemos inovar e criamos o Bloquinho de Carnaval, onde pais e filhos poderão cair na folia em um ambiente seguro e com muita animação’, afirma Alessandra Daga, gerente de Marketing do empreendimento.

 Podem cair na folia crianças na faixa etária até 12 anos, acompanhadas de um responsável. Quem quiser fazer parte da bateria do bloco deve ter idade acima de três anos e se inscrever, das 12h às 18h, no guichê ao lado das oficinas (Entrada de Águas, ao lado da loja da Claro). A bateria será composta por até 30 crianças por bloco.

 As oficinas de pintura de rosto e customização de abadás terão inicio uma hora antes da saída do ‘Bloquinho de Carnaval’ (13h, 15 e 17h). Para customizar o abadá, as crianças devem levar uma camiseta, que pode ser adquirida no centro de compras ou trazida de casa. Não serão permitidos confetes, serpentinas ou sprays. Fantasias e adereços estão liberados.

Serviço:

Bloquinho de Carnaval 2016
Quando:
 De 6 a 9 de fevereiro de 2016
Horário do bloco: 14h, 16h e 18h. A concentração acontece na Alameda Parque D. Pedro, acesso pela Entrada de Águas. É preciso chegar 15 minutos antes
Horário das oficinas: 13h, 15h e 17h.
Horário da inscrição para a bateria: das 12h às 18h
Evento gratuito

5 dicas para começar a ler para as crianças

Eu costumo dizer aqui que ler para criança é maravilhoso, que traz inúmeros benefícios para o pequeno “leitor”. Talvez, se você ainda não tem o hábito da leitura em sua casa, pergunte como começar a ler para seus filhos, sobrinhos, netos… É por isso, deixarei algumas dicas aqui:

 

1. Deixe livros em lugares visíveis: Livro é como brinquedo, por isso é legal que eles sejam tratados da mesma forma, se não tiver uma prateleira só para eles, pode-se usar cestas, caixas (e se essa for sua opção, pode usar uma caixa de papelão comum e com a ajuda da criança customizar), pendurar em “sacos” de tecido. Na internet é possível encontrar muitos ideias.

Foto: soumae.org

Foto: Carinhoemcadapasso.com.br

2. Leia um pouco por dia: O que se recomenda é que esse “pouco” seja de pelo menos, 20 minutos. Com os livros à vista é mais fácil este item, se depois de olhar para os livros seu filho não tiver o interesse de “ler” nenhum deles, a iniciativa pode partir de você. Chame a criança, mostre os livros disponíveis, capas, leia títulos, aponte curiosidades daquela obra ou pode ser alguma história relacionada com um fato recente, por exemplo: Caos, é um livro que fala de ação e reação.

3. Reserva uma hora para a leitura: Que não necessariamente precisa ser uma hora, literalmente, como disse no item 2, o mínimo são de 20 minutos. Agora você já tem livros à mostra e se disponibilizou a ler um pouco por dia, então o próximo passo é associar aquela hora à hora da história, pode ser depois da refeição, antes de dormir, por exemplo.

4. Leia sem interferências: Se você reservou uma hora para a leitura, então que faça apenas isso neste momento. Sem TV Ligada, pessoas falando sobre outras coisas.

5. Cantinho da leitura: Você pode achar que estou complicando demais, mas todos estes itens são simples e podem ser adaptados sem gastar um real. O cantinho da leitura nada mais é do que aquele lugar preferido, aconchegante e sem interferências, pode ser o seu quarto, o quarto da criança, a sala (respeitando o item 4).

 

Dica bônus: Leve livros para todos os lugares, inclusive festas infantis.

 

DSC_0104

Festa de 2 anos da Laura, com o tema “Livros”

 

 

DSC_0096

Laura e amigos aproveitando o “Cantinho da Leitura” na durante a festa

A importância do brincar e a escolha do brinquedo por faixa etária

Essas informações estou repostando de um Instagram (@mamaehome) e são muito importantes para nos ambientarmos com o “mundo” de nossos filhos, afinal de contas, o que uma criança faz a maior parte do tempo? Brinca! Então cabe a nós, proporcionar o melhor para o desenvolvimento deles e aqui você encontrará alguns exemplos de brincadeiras por faixa etária (dos 9 meses aos 12 anos).

As brincadeiras contribuem para o desenvolvimento e amadurecimento do cérebro, quanto mais a criança brinca, pula, corre, canta, faz de conta, mais sinapses ela terá no cérebro.

Os pais devem ficar atentos a faixa etária da criança e o tipo de brinquedo mais adequado:

Até os 9 meses o bebê está descobrindo formas , sons e cores a sua volta. Opte por brinquedos leves de diversas formas e cores. – Dos 9 meses até os 12 meses as crianças gostam de pegar tudo o que veem . Escolha brinquedos de várias texturas e materiais ( tecido, borracha, plástico, madeira…).

1 ano :as habilidades manuais e corporais devem ser desenvolvidas. Ofereça jogos de encaixe, empurrar, abrir e fechar para estimular a coordenação motora.

2 anos: aproveite as habilidades já conquistadas e ofereças brinquedos com peças para montar.

3 aos 5 anos: a criança nesta fase gosta de imitar o adulto , ofereça panelinhas, carrinhos, casinhas, fantoches.

5 aos 7 anos: as brincadeiras em grupo ganham importância. As crianças irão gostar de jogos que possam brincar com seus amiguinhos.

7 aos 9 anos: jogos de raciocínio e memória, como dominó e quebra-cabeça.

9 aos 12 anos: o desenvolvimento físico e motor já está preparado para atividades mais complexas. Geralmente nesta idade eles gostam de jogos ativos e eletrônicos.

A função do brincar na infância é tão importante e indispensável quanto comer, falar, dormir etc. É por meio dessa atividade que a criança alimenta seu sistema emocional, psíquico e cognitivo. Ela elabora e reelabora toda sua existência por meio da linguagem do brincar, do lúdico e das interações, construindo o seu conhecimento com prazer.
A brincadeira permeia a própria existência humana, porém, durante os seis primeiros anos de vida, a criança utiliza-se dessa linguagem para se expressar e para compreender o mundo e as pessoas. Ela desenvolve, gradativamente, competências pra compreender e atuar sobre o mundo.

#Atividade: Ideias para relaxar crianças com deficiência

Hoje a dica é mega especial, porque são para crianças mais especiais! Hoje descobri um site muito  bacana que é voltado para crianças com deficiência e é de lá que tiro a atividade de hoje.

Foto: Getty Images

—-

Conseguir que a criança com deficiência relaxe e se concentre pode ser uma tarefa difícil. Em muitas situações, esse relaxamento é importante para que a criança se envolva de forma eficaz em outras atividades ou em tarefas da rotina, daí a sua importância.

Claro que cada criança reage de maneira diferente diante da mesma proposta, por isso é útil tentar colocar o que sugerimos aqui em prática e não desistir quando a estratégia utilizada não teve sucesso.

Aqui estão 10 atividades para construir um ambiente ou criar situações que acalmam e relaxam:

1. Colocar música tranquila

Escolha uma música constante e suave. No Youtube tem músicas excelentes de relaxamento! A música tem uma habilidade natural de neutralizar outros ruídos e modificar o humor. Se a criança está em um ambiente com muitos ruídos ou que não é conveniente escutar música, tente fones de ouvido com cancelamento de ruído. Qualquer fone de ouvido já é útil, mas os que têm cancelamento de ruído são perfeitos para isolar a criança do ambiente (isto é, quando elas aceitam o uso).

2. Criar um espaço tranquilo para a criança

Às vezes, as crianças precisam de um espaço pessoal onde podem bloquear o ruído extra e as distrações visuais. Tente algo como uma pequena tenda ou crie uma pequena área do livro em casa/consultório onde a criança pode facilmente retirar-se quando é o momento da pausa.

3. Exercícios de respiração profunda

Pratique a respiração lenta com a criança. Você servirá de modelo para a criança imitar. Se necessário, ensine a criança a tocar na sua barriga e perceber o seu ritmo de respiração.

4. Experimente um pouco de yoga

A combinação de respiração lenta, alongamento e concentração para manter uma posição pode ser ideal para concentrar e acalmar. Apresente isso à criança de uma forma divertida, como o programa de ioga para crianças ou um DVD.

5. Ir para uma caminhada

Fazer uma caminhada pode ajudar a liberar um pouco da energia extra da criança, especialmente se ele/ela precisa de uma pausa de uma atividade. A mudança de cenário e o ar fresco pode ser útil.

6. Apague as luzes

Há momentos em que a criança pode ser sensível à luz. Em alguns casos, se a criança está estressada, apagar as luzes ou entrar em um espaço escurecido pode ajudar a trazer uma sensação de calma e segurança.

7. Dê um “abraço de urso” ou massagem nas costas

Tenha cuidado ao se aproximar da criança para dar qualquer tipo de pressão, especialmente se sela é sensível ao toque ou se assusta facilmente. Os que não são podem se beneficiar desse tipo de estímulo, o que ajuda a acalmar.

8. Sentar em uma cadeira de balanço ou em um balanço

O movimento lento e rítmico pode ser reconfortante. Se a criança resiste e não tem certeza sobre isso, você pode fazer ela sentar no seu colo enquanto você balança.

9. Ofereça ao seu filho algo para beber

Um copo de água ou suco pode ser legal nesses momentos. Em alguns casos, beber com um canudo também é útil por causa do movimento de sucção que fornece algumas informações sensoriais através da boca.

10. Procure pistas do passado

Pesquise ou lembre do que acalmava a criança quando ela era um bebê. Muitas vezes, você vai encontrar pistas sobre novas atividades que podem ser ótimas.

Ao usar estas atividades, tenha em mente que você deve introduzir e praticar essas atividades antes  de um momento tenso. Sempre que possível, dê a criança a escolha do que ela gostaria de fazer como uma atividade calmante. As escolhas podem ser dadas verbalmente, mas também através de recursos visuais.

Se a criança tem disfunções no processamento sensorial, uma abordagem mais prescrita e orientada pode ser útil. Consulte um terapeuta ocupacional para uma avaliação mais completa e um programa adequado para as necessidades da criança.

 

Retirado do site: Reab

Fonte: friendship circle

#Atividades: Jogando coisas no chão

jornaldemae_atividade_laura

 

 

Jogando coisas no chão

Idade: a partir dos 10 meses

Tempo: enquanto a criança estiver interessada

Material: Cadeira Alta, tabuleiro, colheres, pratos e copos de plásticos, bolas, ou quaisquer brinquedos do bebê que possam cair no chão. ** Se a criança já fica de pé a brincadeira pode acontecer em qualquer lugar, na foto, Laura (com 11 meses) explorava a caixa de brinquedos, tirava tudo e jogava no chão. Depois ela mesma os guardava (não todos e nem sozinha).

Objetivos: Por volta dos dez meses, os bebês são capazes de soltar as coisas da mão e jogar um objeto ao chão de propósito. Isso requer uma habilidade manual considerável, e por este motivo eles demoram um pouco para aprender. Coloque algumas colheres sobre a cadeirinha alta e ponha um tabuleiro no chão, para que as coisas façam barulho quando cair. Pisos de azulejo são melhores que os de madeira, mas se o seu for carpete, você precisará de um tabuleiro para conseguir um som mais alto.

Uma cadeirinha alta é o lugar ideal para essa brincadeira, simplesmente porque o bebê estará numa posição alta, e o barulho das coisas caindo será bem forte. Se você não tiver um assento assim, coloque seu filho sentado no colo ou em uma mesa e deixe-o soltar os objetos no chão.

Essa brincadeira tem muitas variações. Por exemplo, você pode colocar copos de plástico, pratos e bolas de jornal na cadeirinha, e o bebê vai se divertir bastante jogando-os no chão. É tarefa sua recolher os objetos e colocá-los sobre a cadeirinha de novo. Dar a ele várias coisas para jogar ao chão certamente é mais fácil do que abaixar o tempo todo para pegar uma coisa só.

Benefícios:

  • Aprimora a capacidade psicomotora: Soltar intencionalmente objetos é uma habilidade psicomotora importante para o desenvolvimento. Quando o bebê aprende a soltar as coisas com precisão, ele começa a se divertir pegando-as e colocando-as no chão de propósito, em vez de jogá-las aleatoriamente.
  • Desenvolve o entendimento matemático e científico: Jogar as coisas do alto demonstrará o que é a gravidade: objetos caem para baixo, em vez de flutuarem para cima e e dá a oportunidade à criança de experimentar as relações entre objeto , tempo e espaço.
  • Contribui para a acuidade auditiva: Se o bebê jogar colheres de plásticos e de metal, começará a entender a diferença entre leve e pesado: colheres pesadas de metal fazem barulho mais alto que as de plástico, mais leves. Essa brincadeira também mostrará que diferentes objetos tem diferentes propriedades e reagem de modos diferentes. Além disso, objetos fazem barulhos diversos, dependendo de onde são jogados: no tabuleiro ou no chão. Para realçar essa diferença, coloque a cadeirinha sobre um tapete quase não haverá som quando o bebê deixar as coisas caírem sobre as superfícies macias.
  • Demonstra causa e efeito: Pegar um objeto e soltá-lo sobre uma superfície barulhenta encoraja o bebê a prever o resultado da ação. Ele começará a aprender que está fazendo as coisas acontecerem, e isso o ensinará sobre causa e efeito. Ele também descobrirá que, quando se joga coisas ao chão, pode pegá-las. Isso desenvolverá nele o senso de controle sobre o mundo.

Dica: Tente também pôr o tabuleiro dentro de uma caixa de papelão. Além de praticar a mira do bebê, será mais fácil para você recolher as coisas, no final da brincadeira, caso ele consiga colocar tudo dentro da caixa.

Para o desenvolvimento emocional, “perder” o objeto e “recuperá-lo” depois de algum tempo, contribui para fortalecer sua capacidade de frustração, essencial para uma vida sócio-afetiva futura mais equilibrada.

Retirado do livro: Brincadeiras criativas para bebês inteligentes.

Adaptada po: Anna Paula Pazetti, psicopedagoga.